Gotejei-me

Gotejei-me

No magma que me encarnescendeu.

No piscar dos meus pulmões

Vi os ares e as eras.

Na valência das coragens

Sentimentei formagens

E inventei amizade.

Em solfejo visaudível

Voltei a gotejar,

Endossendo as jascentes entre nós.

Trans-beau'ordem

Dos brinquedos de luz

Em terna erupção!


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes